Manaus

UEA une arte e ciência em pesquisa inédita sobre vacina contra a Covid-19

Foto: Gerson Freitas/Ascom UEA

Unindo arte e ciência em um cenário inédito de pesquisa no Amazonas, a Escola Superior de Artes e Turismo da Universidade do Estado do Amazonas (Esat/UEA) iniciou, nesta semana, uma série de apresentações musicais na Escola Normal Superior (ENS/UEA) onde acontece neste momento o estudo “CovacManaus”. A pesquisa visa identificar se a antecipação da vacina em pessoas com comorbidades terá impacto na prevenção das formas graves da Covid-19.

Para o coordenador do curso de Música da UEA, professor Fabiano Cardoso, é importante promover um acolhimento especial para todos aqueles que se disponibilizaram e aceitaram participar de uma pesquisa tão fundamental para o avanço da ciência e, principalmente, para o enfrentamento à pandemia.

“Assim como a ciência, a arte representa a vida. Acreditamos que a música neste momento é muito importante para as pessoas, ela traz alento, acolhimento, sentimento de esperança e renovação. Acreditamos no poder de otimismo que a arte traz para vida das pessoas. A ideia também foi mostrar que a UEA une todas as áreas nas suas ações, independente das situações. Estamos mostrando que a UEA é integração, união e coletividade”, destacou Fabiano.

O aluno do curso de Música, Eduardo Abreu, acrescentou que a intenção em tocar para esse público é fazer com que todos se sintam especiais através do envolvimento com a arte, com a música e com a ciência.

“Vamos tornar essa pesquisa em um momento bem especial. A presença da música transforma as pessoas, os cenários e os sentimentos. Queremos que todos se sintam bem tratados. Estamos falando de acolhimento, de empatia, de união de esforços para vencermos essa pandemia. Além disso, a intenção do professor Fabiano é de mostrar os talentos que são produzidos pela UEA, mostrar o trabalho que executamos diariamente, um trabalho prazeroso, proveitoso, e também difícil”, pontuou.

Próximas apresentações

Nesta sexta-feira (26), a apresentação inicia às 15h, e será feita pelas alunas Beatriz Lourenço e Daniela Nogueira, com contrabaixo e violino. Israel Nunes e Jaymison Bendaham se apresentam nos dias 1º e 8 de abril, com duo trompete e violão, a partir das 15h. Com violão solo, Israel Nunes realiza apresentações nos dias 12 e 19 de abril, às 14h.

A programação do projeto musical segue o calendário dessa primeira fase da pesquisa que vai até o dia 30 de abril.

Todas as apresentações seguem as medidas de higiene e segurança recomendadas pelos órgãos de saúde para prevenção da Covid-19.

Sobre a ‘CovacManaus’

A CovacManaus é uma pesquisa pioneira no Amazonas que visa identificar se a antecipação da vacina em pessoas com comorbidades terá impacto na prevenção das formas graves da doença. Inicialmente, o estudo será realizado com servidores efetivos da UEA, trabalhadores da educação da rede pública ou privada (com contracheque de 2021) e servidores em exercício da Secretaria de Segurança Pública (polícias militares, civil, Detran e Corpo de Bombeiros), com idades entre 18 e 49 anos, que atuam em Manaus.

O estudo está sendo conduzido pela médica infectologista da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) e pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da UEA, Maria Paula Mourão, e pelo médico infectologista da FMT-HVD e especialista em Saúde Pública da Fiocruz, Marcus Lacerda.

As informações são da assessoria