CMM

‘Uma piada’, diz Amom sobre presidente da CMM recorrer à decisão que suspende ‘puxadinho’

Foto: Robervaldo Rocha – Dircom/CMM

Após a justiça barrar a licitação para a construção do anexo 2 da Câmara Municipal de Manaus (CMM), o presidente da casa, vereador David Reis, recorreu à decisão.

Através das redes sociais, o ouvidor e vereador da CMM, Amom Mandel, classificou a iniciativa como uma “piada pronta”, alegando que a iniciativa não trará benefícios para a população.

“A CMM recorreu com o argumento de que o município de Manaus ia soferr um dano irreparável se o processo licitatório para a construção não for retomado. Uma piada pronta”, disse.

Entenda:

O vereador David Reis (Avante) presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM) gerou polêmica ao autoriza e defender a construção de um prédio anexo na Casa Legislativa, que vai custar aos cofres públicos R$ 31.979.575,63.

Vereadores como Amom Mandel (Podemos) e Rodrigo Guedes (PSC) se posicionaram contra. David Reis Justificou que o anexo servirá para atender o crescimento o número de vereadores no “futuro” por conta do aumento populacional da cidade.

Portal Manaus Alerta