Usando pulseiras de dragão, esqueleto infantil com 2,7 mil anos é encontrado na Turquia

Foto: Reprodução

Um esqueleto infantil com mais de 2,7 mil anos foi descoberto por arqueólogos em uma antiga necrópole localizada na cidade de Van, ao leste da Turquia. De acordo com o site Aventuras na História, vinculado ao portal UOL, os pesquisadores acreditam que os restos mortais é de uma criança de aproximadamente três anos de idade.

Um fato curioso, porém, chamou atenção durante a escavação: o esqueleto usava um bracelete em cada braço. Os objetos foram esculpidos em formatos de cabeças de dragão — esse tipo de adereço nunca havia sido descoberto antes.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta.