Manaus

Vacinação dos aeroportuários inicia em postos de atendimento exclusivos no Eduardo Gomes

Foto: João Viana / Semcom

Mais de 400 trabalhadores do transporte aéreo foram vacinados contra a Covid-19, na tarde desta sexta-feira, 28, nos três postos de vacinação exclusivos, montados pela Prefeitura de Manaus, no aeroporto internacional Eduardo Gomes, zona Oeste. De acordo com a secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, a imunização de funcionários do aeroporto, das companhias aéreas e das empresas que prestam serviço no local é uma das estratégias para o enfrentamento de variantes novas do SARS-Cov-2, ao lado de medidas que serão adotadas a partir de agora, como testagem e monitoramento de passageiros de voos que chegam a Manaus.

Os trabalhadores do transporte aéreo fazem parte dos grupos prioritários para a imunização contra a Covid-19, e tiveram o atendimento antecipado por orientação do Ministério da Saúde, após o risco de circulação da variante B.1.617 (a mutação indiana). Além desse público, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) vai vacinar, a partir da próxima semana, os trabalhadores portuários, também incluídos na recomendação de antecipação.

Shádia Fraxe acompanhou o início dos trabalhos no aeroporto e destacou que ainda não há registro da nova variante em Manaus, mas que as equipes de vigilância da Semsa, da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), e da Anvisa, que é responsável pela área de portos, aeroportos e fronteiras, estão agindo de forma preventiva.

“É preciso estabelecer medidas de controle para agir se ou quando a nova variante chegar. Além disso, atendendo a orientação do prefeito David Almeida de proteger as pessoas mais expostas ao vírus, estamos garantindo mais segurança aos que têm contato frequente com os viajantes”, observou.

Os trabalhadores do transporte aéreo estão sendo vacinados exclusivamente no aeroporto internacional e precisam apresentar crachá, contracheque ou carteira assinada, que comprovem vínculo atual com a Infraero ou com as companhias aéreas e outras empresas em operação no aeroporto. Listas de pessoas que trabalham no local foram colocadas à disposição da equipe de triagem da Semsa, para facilitar o trabalho, assim como orientação para o cadastramento na plataforma Imuniza Manaus.

O superintendente do aeroporto Eduardo Gomes, Odone Bizz, disse que, a partir do anúncio da vacinação, rapidamente a superintendência se mobilizou para viabilizar a campanha que, de acordo com ele, está tendo total adesão dos trabalhadores. “É uma das experiências mais agradáveis, porque nós conseguimos, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, tranquilizar nosso público com relação à vacinação. Está sendo muito gratificante”, informou.

A população a ser vacinada no aeroporto, estimada inicialmente pelo Ministério da Saúde, era de 1,3 mil pessoas, mas a Semsa avalia que esse público, de acordo com registros atualizados, seja de 1,9 mil trabalhadores em atuação. A chefe da Divisão de Imunização da Semsa, Isabel Hernandes, que também acompanhou o início da vacinação dos aeroportuários, informou que todos devem ser vacinados em três ou quatro dias, mas os postos exclusivos serão mantidos por mais tempo, se necessário.

Isabel acrescentou que os trabalhadores do transporte aéreo integram o 23º grupo prioritário do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 e a orientação de antecipar o atendimento está no 19º Informe Técnico emitido no último dia 25, pelo Ministério da Saúde.

Andreza Paiva foi uma das trabalhadoras vacinadas na primeira tarde de atendimento no Eduardo Gomes. Ela é agente de aeroporto, atua no embarque de passageiros e não teve Covid-19. Assim que recebeu a primeira dose de AstraZeneca, Andreza disse que começava a se sentir mais protegida e confiante para trabalhar na linha de frente do atendimento. “Agora vou trabalhar mais segura. Foi ótimo ser vacinada, é uma felicidade”, disse.

A vacinação no aeroporto segue neste sábado, das 9h às 16h. O cadastramento no Imuniza Manaus também continua aberto e quem ainda não fez o registro, pode acessar o https://imuniza.manaus.am.gov.br/, na opção Cadastro do Cidadão, onde deve escolher a categoria “Trabalhadores de Transporte” e depois o grupo “Aéreo”. “O cadastro facilita e agiliza o atendimento no momento da vacinação, mas os que ainda não se cadastraram serão vacinados, sem problemas”, informou Isabel.

Com informações da assessoria