Vaza depoimento que Emilly Araújo deu a polícia – Veja a declaração da ex-BBB!

Na noite desta terça-feira (2) vazou um ‘suposto’ depoimento que Emilly Araújo deu à polícia no dia 17 de março, dias após se consagrar a grande campeã do “Big Brother Brasil 17“. Na ocasião, a jovem relatou as agressões que sofreu de Marcos Harter, seu affair no confinamento.

Nas fotos do documento que está circulando nas redes sociais, a gaúcha contou como era seu relacionamento no programa com o médico, disse que no início Marcos era maravilhoso, atencioso e carinhoso, mas que foi mudando de comportamento durante o programa e que ele não a deixava mais demonstrar seu ponto de vista.

Em outra parte, a irmã de Mayla Araújo garantiu que confidenciou a Ieda que Marcos havia lhe causado lesões intencionais e que no dia seguinte a festa Retrô, que aconteceu no dia 1º de Abril, Emilly foi atendida pelo médico do programa, que constatou a lesão. A jovem também ressalta que não contou ao médico do reality show que o cirurgião plástico que teria provocado o ferimento.

“Emilly não lhe disse a causa, pois não queria prejudicar o Marcos. Que a partir daí tais apertões, beliscões e torções de punho, como demais constrangimentos, foram aumentando de intensidade, porém a declarante sempre perdoava Marcos chegando a ter quatro términos do relacionamento com reconciliação, visto que este demonstrava arrependido de suas atitudes. E ela, muito apaixonada, o perdoava não se dando conta de que aquele relacionamento estava lhe fazendo mal“, diz um dos trechos do depoimento.

Na tarde desta quarta-feira (3), Renato Darlan, advogado de defesa de Emilly, confirmou a veracidade das postagens e considerou o vazamento um absurdo. O defensor vai tomar as devidas providências e pretende descobrir quem foi o autor das publicações.

“Nós entendemos que para alguém é interessante esse vazamento. Para Emily não faz sentido, já que o que ela mais quer é esquecer e seguir sua vida. Nós pretendemos, sim, buscar o responsável por esse vazamento já que o procedimento é sigiloso”. Disse Renato.

Fonte: areavip