TV e Famosos

‘Vejo Jesus mais em gays do que em religiosos’, diz Andressa Urach

Após alguns desentendimentos internos, Andressa Urach deixou a Igreja Universal em novembro do ano passado. Convidada do programa Resenha Proibidona, apresentado pelo comunicador Dedé Galvão, a modelo e agora empresária do concurso Miss Bumbum respondeu a uma pergunta sobre instituições religiosas, como a que ela fazia parte, aceitarem homossexuais.

“Eu amo o público gay. São pessoas em que eu mais vejo o caráter de Jesus. São carinhosos, amigos, leais. Eu vejo mais o caráter de Jesus em gays do que em muitos religiosos. Os gays têm que ser respeitados, os seus desejos sexuais não interferem no seu relacionamento com Deus, pois é individual”, defendeu.

Segundo Andressa, “Jesus ama todos os gays e é por causa dos religiosos que as pessoas acabam não conhecendo Jesus”.

“Na Bíblia fala que Jesus chamou os religiosos de raça de víboras, porque eles colocam fardos tão pesados nas pessoas fazendo com que elas se sintam indignas de Deus. Todo mundo pode chegar a Deus em uma oração”, opinou.

Andressa também falou sobre o processo que abriu contra a Igreja pedindo de volta os milhões que alegou ter doado de dízimo durante os anos em que frequentou a Universal: “Agora entrei com processo. Eles não se preocuparam comigo, nem com meu filho, nem com minha alma como eles falavam. Eu não gosto nem de falar isso, me machuca, me dói”.