Amazonas

Vereador é acusado pelo MP de estuprar adolescente de 15 anos, no Amazonas

foto: reprodução/Facebook

O promotor de Justiça de Urucurituba (cidade distante 207km de Manaus), Kleyson Nascimento Barroso pediu que seja investigada a quebra de decoro do vereador do município Jullison Samir Tavares Maciel. O parlamentar foi acusado pelo Ministério Público do Amazonas (MPE-AM) de estupro cometido contra uma adolescente de 15 anos.

No ofício enviado para o presidente da Câmara Municipal de Urucurituba, Cláudio Lima dos Santos, o promotor argumenta que o caso corre em segredo de Justiça. “Diante da gravíssima acusação, recomendo a Vossa Excelência a apuração
política pela Câmara Municipal de Urucurituba, para que seja investigada a possível
quebra de decoro praticada pelo vereador, em razão de tão repugnante conduta”.

Por meio de nota, a Câmara Municipal de Urucurituba confirmou o recebimento da recomendação do MPE-AM.

A Câmara Municipal de Urucurituba foi notificada pelo Ministério Público, a fim de instaurar processo disciplinar contra o vereador Jullison Samir Tavares Maciel e apurar a possível quebra o decoro parlamentar – haja vista que foi denunciado pela prática do crime de estupro, tendo como vítima uma adolescente de 15 anos.

De acordo com o Promotor de Justiça Kleyson Nascimento Barroso, há nos autos – que tramita em segredo de justiça por envolver menor – indícios de que houve a prática do crime e de que o edil foi o autor do fato, conclusão alcançada a partir dos relatos da vítima e familiares, do laudo de conjunção carnal e de relatórios do Conselho Tutelar e do Centro de Referência e Assistência Social – CRAS.

Ofício – Presidente da Câmara Municipal – Instaurar procedimento por quebra de decoro parlamentar – Julisson Samir Tavares Maciel (1) (3)

Portal Manaus Alerta