Vídeo: Jovem negro é agredido e acusado de furto em shopping no Rio

Foto: Reprodução

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o entregador de aplicativo Matheus Fernandes, de 18 anos, sendo agredido e ameaçado por dois homens no shopping Ilha Plaza, na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro. O caso aconteceu na quinta-feira (6). As informações são do G1.

De acordo com o primo do jovem, Pedro Lucas, que compartilhou o vídeo nas redes sociais, Matheus foi ao local para trocar um relógio que havia comprado para o Dia dos Pais. Mesmo com a nota fiscal na mão, homens o acusaram de furto e o ameaçaram com arma.

“Até quando o racismo vai existir? Meu primo saiu de casa para comprar um relógio de dias dos pais para meu tio, mas acabou sendo agredido e rendido por uns seguranças do shopping por ser acusado de furto sendo que ele tinha acabado de comprar o relógio, a nota fiscal estava na mão”, escreveu o primo no Twitter.

“No vídeo ainda aparece os caras colocando a arma na cabeça dele, e ele falando ‘era só conversar de boa’”, continuou. Matheus disse que percebeu que estava sendo seguido por homens à paisana e foi abordado por eles dentro da Renner, quando ainda esperava para ser atendido. A loja afirmou que os homens não são funcionários deles.

“Estava esperando pelo atendimento quando ele se aproximou de mim e disse: ‘Vamos ali’. Eu disse que não sairia dali e que não era nenhum ladrão. Fui tratado como se não fosse nada, e ainda colocaram uma pistola na minha cabeça. E por que isso? Porque estou com um relógio bacana sou ladrão? Não sou ladrão, não”.

Um segurança do shopping presenciou a ação, mas não tomou nenhuma providência durante o ocorrido.