Vídeo: “Todo preso tem direito de fugir”, diz comparsa do ‘Bandido da Selfie’

Gledson Thiago Castro de Oliveira, de 29 anos, que apareceu na selfie de Brayan Bremer durante a fuga no Instituto Penal Antônio Trindade (IPAT) comendo jaca no meio da mata, disse hoje (10) durante sua prisão realizada por policiais militares da 2° Companhia Interativa Comunitária (CICOM) que todo preso tem direito de fugir. Ele alegou que estava cumprindo pena há 5 meses por tráfico de drogas.
Em um vídeo publicado pelo capitão e comandante da 2° CICOM, Alberto Neto, Gledson relatou que teve a oportunidade de fugir, então nem pensou duas vezes.

“Nunca corri na mata e nem conhecia aquela mata. Eu fugi do nada”, declarou.

Até o momento, Brayan Bremer ainda não foi localizado e até a selfie que ele havia publicado em seu perfil no Facebook já foi apagada.

Confira o vídeo: