Vítima de estupro em ônibus: ‘Gratificada porque ele está preso’

A mais recente vítima do homem que cometeu 17 abusos sexuais contra mulheres em São Paulo comemorou a decisão da Justiça de manter Diego Ferreira de Novais, de 27 anos, preso até julgamento.

Diego vai responder por crime de estupro cometido neste sábado (2) contra a passageira de 39 anos. O homem esfregou o órgão genital na mulher, enquanto ela estava em um ônibus no centro de São Paulo.

“Eu me sinto gratificada porque ele está preso. E querendo ou não eu ajudei a manter ele agora preso, e que nenhuma mulher mais corre o risco no momento de ser atacada por esse louco, doente”, afirmou a vítima ao G1.

Fonte: Noticias ao minuto