Amazonas

Wilson pede participação do povo na audiência sobre modernização da AM-010

O governador do Amazonas, Wilson Lima, destacou, nesta quinta-feira (4), a importância da audiência pública que vai apresentar e debater o projeto “Reforma e Modernização da Rodovia AM-010”. O evento acontecerá de forma virtual no dia 12 de março, a partir das 10h (horário de Manaus). A mais arrojada das obras de infraestrutura anunciadas pelo Estado para iniciar este ano terá investimentos de R$ 368 milhões, entre recursos próprios e de emenda parlamentar.

Serão realizados serviços de pavimentação, drenagem, implantação de faixas de aceleração e sinalização da pista. A rodovia, que liga Manaus a Itacoatiara, corta os municípios de Rio Preto da Eva, Silves e Itapiranga. A modernização vai contribuir para o escoamento da produção das comunidades rurais e surgimento de novos empreendimentos.

“Essa é uma obra que vai custar algo em torno de R$ 386 milhões e é importantíssima para o desenvolvimento dessa região, uma vez que nós temos uma atividade portuária no município de Itacoatiara, temos a exploração do gás em Silves, temos ainda no Novo Remanso a plantação do abacaxi, a questão da fruticultura, e temos em Rio Preto da Eva a perspectiva de um distrito agrobioindustrial. Além disso, nós vamos garantir um direito fundamental ao cidadão que mora nessa região, que é o de ir e vir”, ressaltou o governador.

Wilson Lima destacou, ainda, que a rodovia será uma das mais modernas e seguras do Estado. “Nós vamos colocar um novo pavimento, colocar uma segunda pista nos pontos mais perigosos, vamos limpar as laterais da rodovia, colocar sinalização horizontal, vertical, ou seja, uma rodovia mais segura. E aqui eu quero agradecer o empenho e o destaque pela emenda que foi feita pelo senador Omar Aziz, na ordem de R$ 220 milhões, e o restante será complementado pelo Estado”, frisou.

Construída na década de 60, essa é a primeira vez que a rodovia vai receber obras de grande porte para recuperar integralmente o pavimento e reabilitar sua estrutura. Nos últimos dois anos, com recursos do Estado, a AM-010 recebeu manutenção e, agora, o Governo do Amazonas vai construir uma pista com maior durabilidade para proporcionar conforto, fluidez no tráfego, segurança à população e desenvolvimento socioeconômico dos municípios ao longo da rodovia. O serviço de manutenção será continuado até o início da modernização.

Audiência pública

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus vai apresentar as questões técnicas do projeto na audiência pública marcada para o próximo dia 12. O governador destacou que, na oportunidade, os moradores da região da AM-010 serão ouvidos.

“É importante que você participe da realização desse grande sonho. Dia 12 de março haverá uma audiência pública com técnicos da Secretaria de Infraestrutura, com parlamentares, com a sociedade civil organizada, com vários atores, com empresários, inclusive, e as pessoas que têm interesse na pavimentação da AM-010. Então é importante que todos participem para que possam ter conhecimento do que o Estado está fazendo e das melhorias que isso vai significar para quem mora nessa região”, ressaltou o governador.

Segundo Wilson Lima, após a audiência pública será publicado o edital de licitação. “Em seguida vamos conhecer a empresa vencedora, e a nossa expectativa é que essas obras comecem, no mais tardar, em agosto, quando nós estaremos dando a ordem de serviço”, descreveu o Wilson Lima.

Como participar

A audiência será realizada de forma totalmente virtual, pelo canal do Governo do Amazonas no Youtube (https://www.youtube.com/governodoamazonas) e no Facebook da Seinfra (https://www.facebook.com/seinfraam). Os interessados em participar devem acessar o formulário de inscrição que está disponível no site da Seinfra (www.seinfra.am.gov.br). Após efetuada a inscrição, limitada a um total de 250 participantes, será encaminhado um e-mail de confirmação e instruções sobre como participar do evento.

Detalhes da obra

O projeto prevê serviços de terraplenagem, pavimentação, drenagem superficial, faixas de aceleração e sinalização de 250,40 quilômetros da pista. As obras serão realizadas do quilômetro 13 ao 263,40. As intervenções irão promover a melhoria na sinalização horizontal e vertical, e construção de 3ª faixa nos trechos onde esta for recomendada por razões técnicas e de segurança, como, por exemplo, nas curvas perigosas e nos aclives.

Haverá o alargamento da pista, que passa a ter onze metros de largura, contando com mais 1,5 metro de cada lado nos acostamentos; pista de rolamento com 7 metros de largura, sendo 3,5 metros de cada lado; tratamento superficial duplo com brita, que é uma mistura de material betuminoso em duas camadas com a aplicação de mais cinco centímetros de concreto betuminosos usinado a quente, o CBUQ, proporcionando à pista uma espessura total de quase dez centímetros. Os serviços incluem ainda, a sinalização horizontal e vertical, além de pintura de faixas reflexivas. Haverá cinco frentes de obra distintas entre a capital, Manaus, e a sede do município de Itacoatiara.

Com informações da assessoria